quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Google quer comprar Twitter

A notícia do momento é a que o Google está interessado em comprar o Twitter.
Não é de hoje que o Twitter vem roubando a cena nas redes sociais, sendo um ótimo meio de notícias, marketing e também um meio de bate-papo online. Originalmente como microblogging, o Twitter avançou na criatividade de seus usuários, ganhando novos usos e formas. Atualmente é possível publicar fotos, links compactos, links para músicas e uma infinidade de outros serviços. É possível conversar de modo privado via "direct message" ou abertamente com o "reply".
Muitas empresas já utilizam o Twitter para vender seus produtos, anunciar, testar no mercado e ter feedback em tempo real quanto a aceitação do produto, críticas, elogios e sugestões. O Twitter acaba dando um canal direto entre consumidor e fabricante, sem intermediários e de modo muito mais prático. O cliente consegue falar o que quer e se sente melhor atendido do que ficar ligando em um telemarketing onde fica uma eternidade no telefone apertando números e falando com atendentes que não compreendem objetivamente sobre o produto que os consumidores estão falando.
Como já disse antes neste blog, o Twitter também está sendo utilizado ativamente por músicos e bandas afim de ter um contato mais direto com seus fans. Conseguem ver em que parte do mundo estão tendo melhor aceitação de seus trabalhos e as melhores datas para marcarem seus shows. Também usam como um meio para anunciar novidades ou apenas para mostrar como é a rotina de seus trabalhos.
De olho na possível monetização do Twitter para este setor empresarial, o Google enche os olhos de $$$ e sonda sua compra.
Mas acredito que o maior medo dos usuários seja quanto à qualidade do serviço que recebem. O Twitter é gratuito e totalmente dedicado às suas melhorias próprias. Será que fazendo parte de um grupo tão grande quanto o Google, vai continuar tendo sua devida atenção?
O Google vem crescendo, interessado em cada vez mais oferecer outros serviços e sua qualidade vem caindo perceptivelmente.
O sistema de buscas está completamente subornado: aparece mais quem paga mais. Não há mais fidelidade nas buscas.
O Orkut já está quase com cara de Mercado Livre. O que antes era um espaço para encontrar os bons e velhos amigos e combinar uma cervejinha numa sexta virou um espaço de compras e vendas, pessoas ofendendo outras abertamente sem qualquer respeito. Está pior que um cortiço no século passado.
O Gmail... já começa a dar problemas. Neste feriado de Carnaval ficou 3 horas fora do ar sem qualquer explicação. E também sem dizer se houve ou não problemas quanto à segurança dos dados dos usuários neste período fora do ar.
Sinto uma enorme insatisfação em dizer que o Google será a nova Microsoft: você vai precisar deles pra tudo por um bom tempo. Você vai odiá-lo um dia. Será escravo de seus serviços e facilidades. Até que outras pequenas e inovadoras empresas surjam para derrubá-lo. O Google vai dominar o mundo da Internet. Ainda bem que não será por muito tempo.

[fonte]

PS. Usamos serviços do Google [o Blogger, por exemplo] mas não concordamos com a qualidade de serviços que estamos recebendo. Antes do Google comprar as empresas como o Blogger e Orkut, estes caminhavam muito bem. Óbvio que conseguiram implementar melhorias quanto à integração de serviços e outras novidades. Mas cá entre nós, convenhamos: avacalhou tudo, não?

Nenhum comentário:

Postar um comentário