segunda-feira, 13 de abril de 2009

Energia eólica

Quando se fala em energia eólica, já lhe vem em mente cataventos? Moinhos de Dom Quixote? Turbinas brancas com 3 hélices gigantescas?
Conheça agora novos conceitos para geração de energia elétrica utilizando o vento:

Smalwind - Quietrevolution
(http://www.quietrevolution.co.uk/index.htm)

De origem inglesa, tem haste onde é montado bem similar aos tradicionais geradores eólicos, mas a grande revolução neste modelo é que ele é capaz de gerar energia sem se importar muito com a direção do vento.
Enquanto as hélices tradicionais só recebem vento "de frente", para o Smallwind o vento pode vir de qualquer lado, tornando-o muito mais produtivo. Além deste diferencial, devido a sua forma, requer menos espaço para instalação e seu sistema é mais silencioso, podendo ser instalado em áreas urbanas.


Energy Ball- Home Energy
(http://www.homeenergy.se/vindkraft.aspx)


Já a empresa sueca Home Energy criou um gerador para uso domiciliar.
Um catavento simples que pode ser colocado no telhado como enfeite ganhou o poder de gerar energia elétrica. Ideal para quem mora em regiões isoladas, onde a rede elétrica não chega.
Ou para quem faz uso de fontes renováveis de energia e quer substituir parte de seu consumo da rede elétrica pela gerada pelo vento. Com a grande vantagem de reduzir as contas a pagar no fim do mês.

Firewinder - The Firewinder Company Limited
(http://www.firewinder.com/)


Também de origem inglesa, o Firewinder mais parece um brinquedo, mas a idéia é altamente válida: ele gera a energia e já ilumina.
Feito com LEDs, não espere "aquela" iluminação fenomenal, já que a intensidade da luminosidade depende da velocidade do vento.
Mas é interessante como uma idéia tão simples pode ser útil quando usada de forma objetiva.

Parasitic Catalyst (Project) - Joe (Arizona State University)
(http://www.archinect.com/schoolblog/entry.php?id=55756_0_39_0_C)


Veja só a idéia genial do Joe, do Arizona (Estados Unidos da América): aproveitar a turbulência causada pelos carros nas estradas.
É só um projeto ainda, mas bem interessante, tendo em vista a enorme quantidade de carros que temos no mundo. As estradas seriam muito mais úteis, além de ligar uma cidade à outra, tornando-se "corredores" de geração de energia limpa.
Não tão limpa ainda, né? Quem sabe quando os carros forem totalmente elétricos?
[Reparem que o cara é bom de desenvolver projetos, mas não é um expert em Photoshop] ;)

É claro que há outros fabricantes com outras tecnologias que fazem uso de energia eólica.
Aqui eu só quis destacar algumas idéias inovadoras no assunto.
Espero que daqui pra frente haja mais novidades no assunto: é a fonte de energia mais limpa até o momento.

Até mais.

Um comentário:

  1. Já tem uma empresa no Brasil vendendo esta teconologia da Energy Ball: Brasil Home Energy

    ResponderExcluir